PARTICIPAÇÃO DOS NÚCLEOS DA BASE NO CONTROLE DO TÔNUS E DA LOCOMOÇÃO

Paula Luciana Scalzo, Antônio Lúcio Teixeira-Júnior

Abstract


INTRODUÇÃO: Nas duas últimas décadas, muitos estudos investigaram os circuitos constituídos pelos núcleos da base. É bem conhecido o papel desses agrupamentos neuronais no controle dos movimentos voluntários, especificamente através de suas conexões com o córtex motor, o que constitui o circuito fronto-estriatal motor. Entretanto, poucos estudos discutem a função dos núcleos da base na regulação do tônus e da locomoção. OBJETIVO: realizar um levantamento, por meio de dados expostos na literatura, sobre o papel dos núcleos da base no controle do tônus e da locomoção, aplicando-o no modelo da doença de Parkinson. METODOLOGIA: foi realizada uma busca utilizando os bancos de dados Pubmed, Scielo e Lilacs, no período de janeiro de 1998 a julho de 2008. RESULTADOS: Os núcleos da base, principalmente a substância negra reticulada, contribuem para o controle do sistema inibitório do tônus muscular postural e do sistema de execução da locomoção, mediante as suas projeções para núcleos localizados no tronco encefálico. Na doença de Parkinson, com a depleção dopaminérgica ocorrem alterações na modulação desses núcleos localizados no tronco encefálico pelos núcleos da base, o que contribui para o surgimento da rigidez e das alterações da marcha. CONCLUSÃO: Os núcleos da base exercem papel importante no controle do tônus muscular postural e no controle da locomoção, através de projeções para o tronco encefálico.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.