COMPARAÇÃO DO VOLUME DE AR OBTIDO COM DUAS FORMAS DIFERENTES DE FLUXO INSPIRATÓRIO DURANTE EXERCÍCIO COM INCENTIVADOR

Silvia Cristiane Gasparotto, Andréa Luciana Cardoso

Abstract


INTRODUÇÃO: Os inspirômetros de incentivo são dispositivos destinados a auxiliar a expansão pulmonar, onde o paciente realiza inspirações profundas e sustentadas por meio de um feedback visual. Para que este recurso seja eficaz, ele deve ser utilizado regularmente e com a assistência de um fisioterapeuta. OBJETIVO: comparar o volume de ar obtido durante exercícios com inspirômetro de incentivo, utilizando-se de duas formas de fluxo inspiratório, laminar e turbulento, em indivíduos saudáveis. METODOLOGIA: Participaram do estudo cinquenta e três indivíduos do gênero feminino, com média de idade de 22,15±2,98 anos. As voluntárias realizaram duas manobras diferentes com o equipamento como incentivador a volume (RV), primeiro comando como Fluxo Turbulento (FT) e segundo comando como Fluxo Laminar (FL). Para a análise estatística, foi usado o Teste T de student, para variáveis pareadas, comparando os volumes obtidos com os diferentes comandos verbais (FT x FL). O nível de significância adotado foi de p d” 0,05. RESULTADOS: O volume obtido com o comando verbal para Fluxo Laminar (FL) foi maior e estatisticamente significante, quando comparado ao comando verbal para Fluxo Turbulento (FT) (p d” 0,05). CONCLUSÃO: sugere-se que ao realizar exercícios com incentivador, seja usado fluxo laminar.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.