CORRELAÇÃO ENTRE ESTRESSE E CEFALÉIA TENSIONAL

Marilia Travassos Bernardi, Sandra Kalil Bussadori, Kristianne Porta Santos Fernandes, Daniela Ap Biasotto-Gonzalez

Abstract


O estresse em altos níveis pode desencadear cefaléia do tipo tensional. Este estudo visou correlacionar o estresse com a cefaléia do tipo tensional em uma população universitária. Para tanto, foram aplicados os questionários de triagem e o questionário que avaliou o estresse em 160 indivíduos com faixa etária entre 18 e 36 anos. Foi realizada a randomização (por meio de um programa de geração de números aleatórios sem reposição) dos voluntários obtendo 80 voluntários do gênero masculino e 80 voluntários do gênero feminino. Foram excluídos os voluntários com idade inferior a 18 anos e superior a 36 anos. Os resultados demonstraram que não foi encontrada uma relação direta entre estresse e a cefaléia tensional no gênero masculino, porém encontrou-se uma relação direta entre estresse e cefaléia tensional no gênero feminino, fato este que pode estar relacionado às flutuações cíclicas de estrogênio e progesterona que aumentam as respostas de estresse. Por meio dos resultados obtidos na população estudada, pode-se concluir que existe uma relação direta entre o estresse e a cefaléia do tipo tensional no gênero feminino.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.