PERFIL PSICOMOTOR DE ESCOLARES: quanto ao gênero, à idade gestacional e ao aspecto físico

Karina Pereira, Eloisa Tudella

Abstract


O estudo objetiva caracterizar o perfil psicomotor de escolares da primeira série do ensino fundamental de um colégio particular quanto ao gênero, à idade gestacional e ao aspecto físico. Participaram 37 escolares com média de sete anos e dois meses (±0,4), caracterizados quanto ao gênero (20 meninos e 17 meninas), a idade gestacional (30 a termo e sete pré-termo) e ao aspecto físico (21 ectomorfos, dez mesomorfos e seis endomorfos). Após o consentimento dos pais, os escolares foram avaliados uma única vez. Pela Bateria Psicomotora de Fonseca, avaliou-se o perfil psicomotor nos 7 fatores: Tonicidade, Equilibração, Lateralização, Noção do Corpo, Estruturação Espaço-temporal, Praxia Global e Praxia Fina. Tais fatores são pontuados de um a quatro (perfil apráxico; dispráxico, eupráxico e hiperpráxico, respectivamente). Os dados foram analisados pelos testes ANOVA (p£0,05) e pos hoc de Duncan. Os gêneros não apresentaram diferença significativa (p=0,848) em seus desempenhos. Os nascidos a termo apresentaram desempenho significativo (p=0,047) na Praxia Fina em relação aos nascidos pré-termo. Os mesomorfos são significativamente superiores aos ectomorfos na Tonicidade (p=0,013). Os mesomorfos também foram significativamente superiores aos ectomorfos e endomorfos na Equilibraçã (p=0,050). Os endomorfos foram significativamente superiores (p=0,018) aos ectomorfos e mesomorfos na Praxia Global. O perfil psicomotor dos escolares quanto ao gênero, à idade gestacional e ao aspecto físico foi predominantemente eupráxico, nos fatores Tonicidade, Equilibração e Lateralização; predominante hiperpráxico na Estruturação Espaço-temporal. Na Praxia Global e Fina houve variabilidade entre os perfis apráxico, dispráxico e eupráxico.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.