Densidade e distribuição espacial da população canina encontrada no câmpus de Uvaranas — UEPG, Ponta Grossa, Paraná, Brasil

Bianca Mayara Kotviski, Solange Burgardt

Resumo


A população de cães domésticos estimada é de 400 milhões de indivíduos para o mundo, 33 milhões para o Brasil e aproximadamente 80 mil para o município de Ponta Grossa. Considerando o elevado número de cães no município e as suas consequências, o presente estudo teve como objetivo conhecer a densidade e a distribuição espacial da população canina encontrada no câmpus de Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa — UEPG, em Ponta Grossa, PR, além de peculiaridades da população, relacionando-as com a movimentação demográfica local. Utilizou-se o método de estimativa do tamanho total da população, por meio de contagem direta em campo e memorização das coordenadas geográficas referentes a cada um dos pontos de encontro dos animais, além da coleta de outras informações pertinentes. Durante a pesquisa, foi constatada a presença de 35 indivíduos no ano de 2009 e 46 no ano de 2011 na área de estudo. Os resultados obtidos comprovam a superpopulação de cães abandonados na área de estudo e servem como subsídio aos órgãos responsáveis para reflexões e futuras intervenções.

Palavras-chave


Cães domésticos; Controle populacional; Superpopulação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/estud.biol.36.086.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.