Retesamentos discursivos: um olhar foucaultiano do estilo antidogmático de Nietzsche

Carlos Eduardo Ribeiro, Alexandre Filordi de Carvalho

Resumo


O presente artigo investiga, segundo a noção foucaultiana de nível discursivo, como o pensamento de Nietzsche explora determinados limites linguísticos em favor de uma renovação da escrita filosófica. Esses limites podem ser averiguados no constante tensionar discursivo e experimental presentes no estilo aforismático. Explicita-se esses retesamentos discursivos na clara associação do antidogmatismo nietzschiano ao estilo de sua escrita filosófica, opção realizada essencialmente em Além do bem e do mal.

Palavras-chave


Nível discursivo; Antidogmatismo; Estilo; Filosofia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/estudosnietzsche.05.001.AO01

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.